A missão de cuidar

Mc 10, 13-16 [Ritual do Batismo, n. 207]

Uma das máximas expressões da ética cristã é a missão de cuidar: os mais pequeninos, os vulneráveis, os idosos, as criancinhas…

O contrário do cuidar é estorvar ou abusar.

O cuidar exige sempre tocar e abraçar: tocar para nutrir, sustentar; abraçar para conter e proteger.

O abuso pode ser, como se tem infelizmente constatado, de poder, de consciência ou sexual. Jamais podemos aceitar que um ato de abuso possa acontecer, uma vez que danifica não só o presente, mas também o futuro dos pequeninos.

O Reino de Deus é feito de amor, fraternidade, justiça e paz. Somos chamados, também, como filhos, a abraçar esse Deus (que é Pai e Mãe), pela felicidade e salvação que Ele nos promete e oferece.

Entrar no Reino implica, como Jesus nos ensina, imitar as qualidades das criancinhas: a inocência, a confiança, a capacidade de se lançarem sem medo nos braços de Deus, como uma criança se lança nos braços de seus pais.

%d bloggers like this: