A alegria do anúncio é a estafeta de uma visita

[Leitura] Cânt 2, 8-14 ou Sof 3, 14-18a; Lc 1, 39-45

[Meditação]

A Alegria do Evangelho enche o coração e a vida inteira daqueles que se encontram com Jesus. Quantos se deixam salvar por Ele são libertados do pecado, da tristeza, do vazio interior, do isolamento. Com Jesus Cristo, renasce sem cessar a alegria. Quero, com esta Exortação, dirigir-me aos fiéis cristãos a fim de os convidar para uma nova etapa evangelizadora marcada por esta alegria e indicar caminhos para o percurso da Igreja nos próximos anos.

— PAPA FRANCISCO, Evangelii Gaudium, 1

A experiência inauguradora de Maria, na Anunciação, renova-se constantemente na Visitação, com um conjunto de transmissão em estafeta, interminável até à última vinda de Jesus Cristo. Ele vem constantemente com a sua proposta renovada de alegria!

Cada anúncio implica uma visitação. E o anúncio de uma nova etapa evangelizadora para os próximos, marcada por essa alegria, implica que a comunidade da Igreja aprenda a ser como Maria: a visitar aqueles que precisam de ouvir novamente este anúncio do cumprimento de uma promessa que é capaz de alegrar a todos.

No desporto, “estafeta” é a prova dividida em etapas, em que os elementos da mesma equipa se revezam no percurso. Esta é a nossa hora de nos deixarmos “invadir” pela graça de Deus e para, mediante o nosso “sim” bem disposto, nos levantarmos do sofá, ao encontro dos que precisam de contemplar a Luz do Natal. Uns esperam-na à maneira da descrição do Cântico dos cânticos, em dias de “verão”, aguardando o Amor ao qual dedicar a vida. Outros esperam contemplá-la como descreve Sofonias, em dias de “inverno”, vendo as sentenças que condenam transformar-se em libertações que não deixam nada a temer. Em qualquer das estações ou etapas da vida, o Senhor está no meio de nós, para nos renovar no seu amor.

[Oração] Sal 32 (33)

[ContemplAção] Em: twitter.com/padretojo

%d blogueiros gostam disto: