Publicado em Lectio Humana-Divina

O serviço concreto é a alternativa à escravidão!

[Leitura] Sab 2, 23 – 3, 9; Sal 33 (34), 2-3. 16-17. 18-19; Lc 17, 7-10

[Meditação] Estar constantemente preocupado com as grandes causas da humanidade sem a descida ao necessitado numa ajuda concreta é permanecer escravo de sistemas alternativos, ainda que os mesmos sejam, de alguma forma, sustentáveis. No entanto, como se está a verificar na variada reação ao flagelo dos incêndios, enquanto que os sistemas políticos são visivelmente falíveis, pelo tempo que demoram a concretizar a ajuda, as pessoas ou grupos delas respondem rapidamente.

Para isso, vale a sábia afirmação de que mais vale servir do que mandar, sendo que Evangelho sugere a quem manda que seja o primeiro a servir. Assim foi Jesus, para descartar a hipótese de que neste mundo os necessitados sejam inferiorizados.

Assim foi o testemunho dos Santos, como S. Francisco de Assis, Santa Teresa de Calcutá e tantos outros, que não se deixaram liderar por nenhum sistema político ou económico, mas simplesmente pelo Evangelho de Jesus e o ímpeto de ajuda ao pobre, não sozinhos, mas com a comunidade de que fizeram parte, a Igreja.

É assim a Sabedoria de Deus, difícil de compreender pelos homens!

[Oração] Para a oração, explorem-se estes subsídios.

[ContemplAção] Em: twitter.com/padretojo

Autor:

Padre da Diocese de Viseu