Publicado em Lectio Humana-Divina

A corrida da fé é uma estafeta de dois passos: ver e acreditar

[Leitura] 1 Jo 1, 1-4; Jo 20, 2-8

[Meditação] Contemplando os dois discípulos a correrem para o sepulcro, como que somos levados a imaginar duas pernas a correr, antecipando-se uma à outra para que o mesmo corpo se faça ao caminho. Assim João e Pedro me parecem a comunhão dos membros do mesmo corpo que chega inteiro ao lugar pretendido, apesar de haver uma das pernas que chega primeiro, não deixando a outra para trás.

Penso que a lógica da fé está tanto na partida em conjunto, quanto quanto na perceção conjunta do ponto de chegada. Ver e acretitar são como que as duas pernas ou passos da comunhão eclesial na experiência da fé. Senão o evangelista João não nos teria deixado os seus belos escritos em estafeta. Com Pedro, ele viu acreditou para que também nós víssemos e acreditássemos. Se não fosse Maria Madalena, eles também não teriam feito a mesma corrida (pelo menos da mesma maneira!).

É urgente uma comunhão expressiva, desenvolvida de uma relação onde gente formada e madura passe a experiência em testemunho vivo para outros, sem exclusivismos, porque o caminho inédito aberto por Jesus é para todos.

[Oração] Sal 96 (97)

[ContemplAção] Em: twitter.com/padretojo

Autor:

Padre da Diocese de Viseu