Faz o que te pede a sabedoria do coração e servirás o Senhor todos os dias

[Leitura] 2 Sam 7, 1-5. 8b-12. 14a. 16; Lc 1, 67-79

[Meditação] Sempre considerei o Benedictus um cântico como se fosse um corpo, tendo os versículos 74-75 como se fosse um coração:

De O servirmos um dia sem temor, 
ivres das mãos dos nossos inimigos, 
em santidade e justiça, na sua presença, 
todos os dias da nossa vida. 

Deve ter sido uma disposição interior assim a levar um homem cheio do Espírito Santo a profetizar, tendo o Deus de Israel por “cabeça” e a sua descendência como “membros” ativos. Agora, Zacarias e o filho que sua esposa teve como benefício de Deus, fazem parte daquele Povo abençoado que fora prometido a David como descendência.

Se as famílias de hoje tiverem a perceção sábia de que o Senhor Deus de Israel está com os seus membros, então profetizariam como Zacarias e como, outrora, Natã, sem desconfiar no Seu poder e sem poupar os seus membros de estar ao Seu serviço, livres dos “inimigos” que roubam ao viver o seu divino sentido. 

[Oração] Sal 88 (89)

[ContemplAção] Em: twitter.com/padretojo