A cobertura da glória de Deus é para TODOS!

2016-11-28-13-54-23[Leitura] Is 4,2-6; Mt 8, 5-11

[Meditação] Ao fazer a caminhada terapêutica de ontem passei por entre as barraquinhas natalícias, na Praça 2 de Maio, em Viseu, onde podemos experimentar um vislumbre daquilo que profetiza Isaías: “a glória do Senhor será uma cobertura e uma tenda”. Como eu, todos os que são capazes de se deslocar podem passar por ali, sentindo o mesmo conforto e a mesma proteção de um possível temporal. Para os que não se podem deslocar, por algum motivo grave de saúde física e espiritual, a “cobertura da glória de Deus” chega a todos, porque essa cobertura é espaço que Deus cria para TODOS!

Ao ligar a estação da Rádio que me ajuda a despertar para a vida todas as manhãs, deparei-me com relatos tristes que demonstram uma sociedade em que alguns querem “cobertura” só para eles: os que, com o medo que lhes tirem os seus avultados bens, até se dão ao luxo de demitir-se, porventura, para melhor situação de proteção patrimonial; e os que em busca de grande ambição de poder são admitidos com défice de capacidade para o possível confronto com exercícios que não os poderiam livrar da morte, nem sequer os tornar mais aptos para dar segurança a esta sociedade. No Evangelho, a postura de Jesus é clara: nem apartheid religioso, nem exclusão social de qualquer tido.

Não há dúvida que Jesus veio, também, para fazer rutura com todos os tipos de separatismo preconceituoso. Que o acender progressivo das velas do Advento nos ajude gradualmente a discernir a vontade do verdadeiro Deus que não faz acepção de pessoas, mas nos chama a alargar o coração para acolher e a ir ao encontro de TODOS.

[Oração] Sal 121 (122)

[ContemplAção] Em: twitter.com/padretojo