O serviço, o estudo e a compaixão na mesma pessoa

[Leitura] Jonas 1,1 – 2,1.11; Lc 10, 25-37

[Meditação] A pintura de Vincent van Gogh (1853-1890), ajuda-nos a superar uma exegese meramente redutora e moralizante da parábola do Evangelho, para a “colorarmos” com a visão ampla do ser humano, na busca do equilíbrio entre o serviço (sacerdote), o estudo (levita) e a compaixão (samaritano), nem sempre fácil de realizar na vivência do ser cristão. Por vezes, como Jonas, queremos “voar mais alto” através de uma só destas dimensões, mas nunca chegaremos a satisfazer-nos completamente, pois a felicidade que Deus reserva para o ser humano depende de três “óleos” curativos chamados “ortodoxia” (ou saber correto), “ortopatia” (sentir autêntico) e “ortoprática” (realização coerente) em ordem a uma vida bem conseguida.

[ContemplAção] Em: twitter.com/padretojo