Publicado em Lectio Humana-Divina

Peregrinos da Paz

[Leitura] Ap 21, 1-5a; Mt 12, 46-50

[Meditação] A cena do Evangelho é bem capaz de nos “transportar” para Fátima. Estamos habituados a pensar que os peregrinos vão ao encontro de Nossa Senhora de Fátima e estamos certíssimos. No entanto, podemos, também, pensar, seguros, que Maria caminha com eles ao encontro de Jesus Cristo. Sim, O Santuário de Fátima e, sobretudo, encontro com Cristo que a nossa Mãe proporciona àqueles que para lá caminham com o desejo de fazer a vontade do Pai.Maria já era aquela que sabia o que, hoje, o Papa Francisco quer de Igreja “em saída”, porque também ela, com os familiares de Jesus, estavam habituados a ir atrás d’Ele, onde Ele se encontrava. Na Igreja Católica, hoje em dia, tendemos a pensar (esperamos que mude esta tendência!!) que Jesus Cristo só está dentro dela. O Papa convida-nos a ir com Maria ao encontro dos que estão “fora” e com quem Ele Se apraz em conviver. Não estou com isto a querer dizer que Ele não está “dentro”. Está! E de dentro (de uma intimidade chamada a ser muito séria) nos envia como discípulos missionários.

Pela Palavra, hoje, somos convidados a fazer parte desta grande família Deus que é a dos que fazem a vontade de Deus, estejam onde estiverem. Onde houver um ambiente onde se contemple essa vontade, habita Deus. E aí encontramos a verdadeira Paz. Caminhemos para ela, unidos, como irmãos, a todos os peregrinos.

[ContemplAção] Em: twitter.com/padretojo

Autor:

Padre da Diocese de Viseu