Publicado em Lectio Humana-Divina

Amor perene, que lava e alimenta

[Leitura] Ex 12, 1-8. 11-14;  Jo 13, 1-15

[Meditação] É com a Ceia do Senhor que a Igreja inicia a celebração do Tríduo Pascal, depois de se ter celebrado a Missa Crismal, onde se benzeram e consagraram os santos óleos e de os presbíteros terem feito a renovação das suas promessas sacerdotais. Nesta tarde de Quinta-feira Santa, Jesus inaugura uma nova tradição: na véspera do dia dos sacrifícios, “assina” um “testamento” que Ele pede aos seus Apóstolos que o repitam em Sua memória − o dom da Eucaristia. E para que este sublime dom seja acolhido e percebido como totalmente novo, lava os pés aos Apóstolos, para que possam tomar parte Consigo na nova realidade que está a inaugurar: a de serem transmissores deste “testamento” que é o mandamento novo do amor.

[ContemplAção] Em: twitter.com/padretojo

Autor:

Padre da Diocese de Viseu