Publicado em Lectio Humana-Divina

Mitra no chão, Báculo na mão: autoridade dada à Palavra e o serviço aos Pobres

[Leitura] Mt 23, 8-12; S. Teotónio ontem e hoje

[Meditação] O trecho evangélico escolhido pelo Bispo de Viseu encaixa perfeitamente na pessoa e vida de São Teotónio, padroeiro desta diocese. Não é estranho que o primeiro Santo português tenha recusado altos cargos, inclusivé o de bispo: bastaram duas viagens à Terra Santa para ele se dar conta do realismo da Palavra, única regra soberana que tanto dá para admoestar reis, como inspirar meios para a subsistência dos pobres.

Num tempo em que é quase tudo sujeito a leis capitalistas, corremos o risco de colocar a Palavra de Deus à margem (nas “glosas” da vida), dando o “corpo do texto”da história humana e eclesiástica ao relato de forças e modas que vêm e vão, como se fossem essas os fatores determinantes da vida verdadeira. Um teste? Peguemos nas “grandes” coisas que fazemos no dia-a-dia, tiremos-lhe o dinheiro e as influências humanas e… digam-me o que fica. Pouco nos restará, por vezes, para além de uma Bíblia e um bastão (báculo) para o caminho, ao encontro de pessoas e soluções. Nada de novo… S. Teotónio percorreu esse caminho (como tantos outros). A relação entre a Palavra escolhida e o exemplo de S. Teotónio deixam-nos algumas atitudes para que esse caminho seja luminoso, a saber:

  • «Não vos deixeis tratar por mestres…» − conseguimo-lo com a ajuda da intercessão de S. Teotónio imitando-o na oração;
  • «Não chameis, na terra, a ninguém vosso Pai…» − conseguimo-lo com a ajuda da intercessão de S. Teotónio imitando-o na pobreza e amor preferencial pelos pobres;
  • «Não vos deixeis tratar por doutores…» − conseguimo-lo com a ajuda da intercessão de S. Teotónio imitando-o na humildade.

[ContemplAção] Em: twitter.com/padretojo

Autor:

Padre da Diocese de Viseu