A caridade como amizade

«Caridade é uma amizade do homem com Deus» (S. Tomás). Acrescento: porque o é antecipadamente de Deus com o homem, sobretudo na pessoa de Jesus Cristo. De facto, no coração deste relação está o Espírito de Jesus. Esta amizade tem concretização nas nossas circunstâncias humanas e, segundo aquele Espírito, tem como horizonte último o próprio Deus Pai.

«Já não vos chamo servos, visto que um servo não está ao corrente do que faz o seu senhor; mas a vós chamei-vos amigos, porque vos dei a conhecer tudo o que ouvi ao meu Pai.» (Jo 15,15).

Estas palavras de Jesus ilustram bem o caminho da amizade: de uma pura atitude serviçal de quem é prestável, mas que não conhece a fundo o objecto do seu destino, para um conhecimento “simpático” progressivo do “objecto” da afeição.

Podemos dizer, com o Papa Bento XVI (Deus caritas est), que a amizade, para ser cristã, é chamada a percorrer o caminho que vai do eros à agape. É, pois, nesta que adquire a nota da caridade. No entanto, este caminho, crescimento, progresso, precisa de integrar todas as dimensões da pessoa: a liberdade, a inteligência, a vontade.

Se por um lado, a amizade-caridade tem o seu fundamento teológico no amor a Des e ao próximo (cfr. Mt 22,36-39), por outro, a identidade do indivíduo é também fonte da relação onde essa acontece. Assim, a maturidade pessoal determina a maturidade relazional que está na base da amizade-caridade.

No sentido de uma psico-dinâmica daquela virtude, as relações humanas requerem que seja desenvolvida uma sã antropologia cristrocêntrica. A vida relacional baseia-se no sentido da responsabilidade individual e sobre os valores capazes de “atirar” a pessoa no serviço aos outros. A solidariedade humana que está na base da amizade tem correspondência com a maturidade teocêntrica do indivíduo. Por isso, a relação de amizade-caridade implica que haja um projecto e não só que se jogue ao nível da gratificação das necessidades.

Enfim, toca a cada um descobrir internamente a amizade como dom de Deus, para que esta possa manifestar-se como caridade.

%d blogueiros gostam disto: