A semente da Vocação no terreno da Família

Obrigado, Senhor,
Pela semente da Vocação
Que semeaste na minha Famíla.
Hoje, ela parece-me ser um jardim,
Onde continuo a poder regressar
Para sentir a frescura dos inícios
De uma sedução que o tempo e o cansaço teimam em esconder.
Obrigado, Senhor,
Pela Família onde semeaste a minha vocação.
Nela continuo a ver crescer rebentos novos para a vida nova da fé.
No seu regaço continuo a aprender a partir sempre mais dócil
Para a Família maior em que me chamas continuamente
A pertencer e a servir,
Uma soma de todos os “jardins”
Cuja união nos levará a ver mais claro o teu Reino.