Tocar a "harpa" da realidade

É frequente escutar um músico mais ou menos virtuoso capaz de tocar um instrumento de olhos fechados. Ouvi até falar de alguém que conseguiu o curso superior de piano em Paris sendo invisual. Coisa rara, senão única. Executar… Ler Mais

O desejo e a vida espiritual

Um equívoco a esclarecer.Falar de desejo na vida espiritual poderia levar-nos a mal-estar, tendo como provável a possibilidade de ter que fazer com oque parece um “inimigo”: se, de facto consentíssemos plena liberdade aos desejos, que poderia acontecer?… Ler Mais

Vaso quebrado e reconstituído

Suponhamos que estão diante de nós dois vasos de flores em porcelana finíssima. Ambas de forma extremamente complexa, de incomparável valor, elegância e beleza. Sopra o vento e um dos dois cai do que o segura e acaba… Ler Mais

Perder para encontrar

Como discípulos, somos provocados a assumir uma dupla atitude: por um lado, desapegarmo-nos a pouco e pouco de tudo aquilo a que estamos ligados e nos impede de seguir em plena libardade o Senhor; por outro, experimentar que,… Ler Mais

O silêncio da inteligência e o deserto do coração

Existe uma estrada que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (Gilbert Keith Chesterton) O silêncio da inteligência: quanto é difícil! Habituados a ver e a julgar o mundo – e muito bem! -, ainda não… Ler Mais

Vigilância sobre si próprio: uma "casa" para edificar e dedicar!

A Festa da Dedicação da Basílica de Latrão, neste 9 de Novembro, serve de “parábola” ao tema da vigilância. Com brevidade, porque o tema daria para um tratado espiritual, aponto somente algumas considerações sobre o que poderá implicar… Ler Mais

A narração da vida precisa de um interlocutor!

Contar a vida é uma actividade subjectiva, mas é por natureza própria um acontecimento relacional. Quem se conta, de facto, procura orelhas que escutem, procura um outro, um interlocutor a quem contar, confiando-lhe a própria história, um “tu”… Ler Mais

O que não é integrado torna-se desintegrante!

É já muito difundida, na área da maturação da pessoa humana, a importância da dinâmica da integração de todos os elementos que constituem uma personalidade. Para que uma personalidade amadureça é importante, pois, que nela se integrem todos… Ler Mais

A memória humana: função, tipos e vírus

Querendo aqui apelar à função da memória como elemento constitutivo da narração. A narração entra na psicoterapia como catarse ou purificação da palavra. Contar ou contar-se desbloqueia tudo o que estava rígido u gelado na vida de uma… Ler Mais

Vida espiritual: ascética e/ou mística?

Etimologicamente, ascética vem de exercício em geral: físico, filosófico e espiritual. De forma mais comum, passou a designar os esforços mediante os quais se quer progredir na vida moral e religiosa. Daqui derivam os vários tipos de exercícios… Ler Mais